Acervo do Colecionador
 
Cláudio BraynerFilmes | Seriados | Serviços | Contato
 


 
Uma Coleção com Sabor de Nostalgia
Cláudio Brayner lembrou no auditório João Cardoso Ayres, da Fundaj, os tempos das matinês dos velhos cinemas recifenses. Nos anos 40 ser menino era gostar do jogo de gude, empinar papagaio, jogar pião, futebol e freqüentar as matinês dos cinemas de bairro. Principalmente quando havia seriado de muita ação na tela. Mocinho tinha que ser valente para enfrentar o vilão do começo ao fim dos episódios. Cowboy mofino, nem falar. Tinha que ser bom de murro e de tiro, saber correr e saltar no cavalo. Foi por isso que Roy Rogers nunca suplantou Rocky Lane. Rogers brigava pouco e cantava muito. Os meninos mais taludos não gostavam disso. Matinê para valer não dispensava os seriados como O Fantasma, Homem-Foguete, Flash Gordon, Buck Rogers e dezenas de heróis.
Fonte: Diário de Pernambuco Autor: Fernando Spencer- jornalista, cineasta e cinéfilo

(in memoriam)

ATENÇÃO ! A partir de 31.05.2015 o contato telefônico conosco será exclusivamente pelo celular TIM (81) 99114-9600

 

Contato por Telefone
   
81 3227 7565
81 3228 4302
Diariamente das 10h às 11:30
De Terça a Sexta das 19h às 20:30h

81 9114 9600

Diariamente das 09h em diante (Inclusive aos domingos o dia todo)
 
Contato por Email
 
cinemanostalgia@bol.com.br
classvid@ig.com.br
claudiobrayner@bol.com.br
classvid@hotmail.com
Acessos desde 18/04/2003: 759075